MENU

domingo, 25 de junho de 2017

Ageu, 1 Reedifiquemos a Casa do Senhor


Int. Ageu, seu escritor, foi um profeta hebreu e contemporâneo de Esdras, Neemias e Zacarias. Sua mensagem foi de exortação e motivação a respeito da restauração de Jerusalém e seu Templo. Possui quatro principais mensagens do Senhor para os judeus que retornaram do exílio em Babilónia. São fortes repreensões devido ao descaso na reconstrução do Templo.
Resultado de imagem para ageu templo do senhorAos que moram em grandes casas, ao passo que o Templo estava em ruínas. (1:1-15)
Proclamação de que Deus encheria a sua casa de glória. (2:1-9)
O abandono da reconstrução do Templo tornou a todos impuros perante Deus. (2:10-19)
Mensagem a Zorobabel faria tremer os céus e a terra. (2:20-23)

C.M. Estas palavras foram ditas por Deus a seu povo através do profeta Ageu (Ageu 1:1), num contexto onde Israel tinha voltado para Jerusalém do cativeiro babilônico, do qual o Senhor os havia resgatado (Esdras 2:1-2).
Foi devido a constante desobediência de Israel, que ele havia sido levado cativo (Deuteronômio 28:49-52; 30:17-18).
Uma vida em desobediência nos leva a uma via de cativeiro, quando não obedecemos a Deus por meio de sua palavra, nossas escolhas nos levarão a viver uma vida de prisão.
-Nossa fonte de alegria é Deus, quando isto é ignorado as pessoas procurarão outras fontes de alegria das quais se tornará escrava.
Drogas, bebidas, orgias, e etc. são fontes de alegrias que duram muito pouco, e tornam as pessoas suas prisioneiras, depressivas e angustiadas.
O amor ao dinheiro também produz uma alegria passageira, logo torna seus amantes em escravos seus.

 E agora, mesmo tendo retornado, tudo ainda estava em ruínas, inclusive o templo do Senhor (2 Reis 25:8-9). Este templo que representava a habitação de Deus no meio deles (1 Crônicas 22:19; 2 Crônicas 5:7; 6:1-11). Estava completamente destruído, em ruinas e parece que o povo não dava a mínima.
Não estavam preocupados em recuperar ou restaurar a casa do Senhor.
O templo de Deus precisava ser restaurado e era missão de todo o povo trabalhar e investir para que o mesmo fosse restaurado.
Porque ali naquele lugar é onde vidas são restauradas, transformadas  tem suas vidas mudadas.
Por isto aquele lugar era e é especial, é onde Deus se manifesta de uma forma especial.

O descaso com a obra de Deus levará o povo a viver de uma forma miserável. Este descaso é a falta de fidelidade, de compromisso e de gratidão por aquilo que Deus fez em sua vida.
Ora, pois, assim diz o Senhor dos Exércitos: Considerai os vossos caminhos. Semeais muito, e recolheis pouco; comeis, porém não vos fartais; bebeis, porém não vos saciais; vestis-vos, porém ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o num saco furado.
Ageu 1:5,6.
Isto fala de miséria física mais também de psíquica e espiritual.
Embora tendo tudo financeiramente falando não consegue ser feliz.

Considerai o vosso passado: Deus esta puxando a orelha do povo para que lembrassem que estava no cativeiro, como escravos e o Senhor de lá os tirou.
Agora tinha uma pátria, uma casa, um bom salário porque Deus os libertou do cativeiro e esperava que o povo retribuíssem investindo no crescimento, manutenção e expansão de sua obra.
 O povo resgatado daquele cativeiro deveria priorizar a reconstrução do templo, pois desta forma é que agradariam o Senhor e o glorificariam (Ageu 1:8). Eles até iniciaram a reconstrução (Esdras 1: 1-11, 3:8), porém depois de um tempo a interromperam (Esdras 4:24). Eles estavam desanimados e parados com respeito a obra da Casa do Senhor. Dentre os vários motivos que os levaram a interromper este trabalho (Esdras 4), o Senhor destacou o contraste entre a indisposição do povo em reconstruir o seu Templo (“...Não veio ainda o tempo, o tempo em que a Casa do Senhor deve ser edificada...”) e a disposição em construírem para si mesmos belas casas: “Acaso, é tempo de habitardes vós em casas apaineladas, enquanto esta casa permanece em ruínas?. A presença do Senhor no meio deles era o mais importante. Reconstruir a Casa do Senhor deveria ser sua prioridade.

Nós como templos do Senhor devemos investir também para que sua glória seja manifesta em nós e através de nós.
Deus declarou que a sua glória seria ainda maior neste templo.
Precisamos preparar nosso templo (coração) para Deus o encha com sua presença e manifestação de sua glória.
Invista tempo em oração, leitura diária de sua palavra, para produzir frutos para Deus.
Busque santidade, domínio próprio, busque fortalecer-te no Espirito Santo fidelidade.

Quando o povo abanou a reconstrução do templo o pecado passeou a dominá-los.
E por isto tudo o que faziam não era suficiente para torna-los alegres e contentes.
Longe de Deus existem muitas opções de contentamento, porem nenhuma delas é suficiente, porque precisamos é de Deus.
Ele é nossa fonte de alegria, só ele.
Sem ele seremos vazios embora possuindo muito, seremos sós embora rodeados de muitos.

Deus te escolheu para ser dele e ser sustentado por ele. Deus falou que abalaria o céu e a terra por causa do seu escolhido.
Isto quer dizer que quando somos fiéis, zelosos pela sua obra, comprometidos, gratos, Deus fará o necessário para nos abençoar.
Ainda que isto inclua um grande acontecimento, mas ele é fiel e em suas mãos esta todo o poder.

Deus abençoe sua vida!


Pastor Luciano Silveira

PALAVRA DE VIDA