MENU

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Uma nova chance Gn.8


Int. Parecia que a situação não tinha mais jeito, pois os seres humanos haviam se corrompido por completo. Então, Deus decidiu destruir todos os seres viventes sobre a Terra. Contudo, um homem chamou atenção do Senhor para si, porque era íntegro e justo. Ele se chamava Noé.
Como Deus também é justo, desejou poupá-lo, por isso pediu para que Ele construísse um barco enorme, a arca, e que abrigasse várias espécies de animais e a sua própria família nessa embarcação.
O Criador explicou em detalhes como a arca deveria ser construída. Solicitou compartimentos e pediu para Noé passar betume por dentro e por fora (para que a embarcação ficasse impermeável e não afundasse).
C.M. Porque ele chamou a atenção de Deus?
Porque se desviava do mal, andava com Deus, a maldade dos homens não abalaram sua fé, não feriu seus princípios, ele continuou sempre firme na presença de Deus embora convivesse lada a lado com homens cruéis.
Ele andava na contra mão do mundo de sua época porque andava com Deus.
Dizia não para tudo que desagradava a Deus, por isto a bíblia diz que ele era integro.
Veio o diluvio!
Noé e sua família ficaram mais de um ano confinados dentro da arca, privado da liberdade viver caminhando em terra firme, plantando e cultivando a terra, apreciando o sol e as aves voando.
Ficaram todo este tempo tendo que limpar os compartimentos onde ficavam os animais, alimentando-os e etc.
Não foi fácil ficar tanto tempo naquela situação, mas lá fora a força do diluvio estava destruindo toda a espécie de vida.
A lição que aprendemos é que sempre o melhor lugar para estar é fazendo a vontade de Deus de Deus.
Na arca havia vida, salvação, mas fora dela somente morte e destruição.
No mundo atual não mudou muito não. “Pois assim como foi nos dias de Noé, também será a vinda do Filho do Homem. Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio comiam e bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, senão quando veio o dilúvio e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do Homem. (...) Portanto, vigiai, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor. Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que hora viria o ladrão, vigiaria e não deixaria que fosse arrombada a sua casa. Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá. Quem é, pois, o servo fiel e prudente, a quem o senhor confiou os seus conservos para dar-lhes o sustento a seu tempo? Bem-aventurado aquele servo a quem Seu senhor, quando vier, achar fazendo assim.” Mateus 24.37-46.
Lembrou Deus de Noé: Deus não se esquece de seus escolhidos, a situação que estamos vivendo por ser difícil, doloroso, que nos deixe com algumas cicatrizes, mas Deus não se esquece dos seus. Is. 49:15.
Deus tinha uma aliança, um compromisso com Noé e com sua família.
Deus sabia de sua conduta, da maneira como ele tinha andado em sua presença e por isto ele estava naquela arca, para ser salvo, ele e sua família.
Noé não se desesperou pelo fato de não enxergar terra durante tanto tempo, ele apenas confiou no Deus que o sustentava até aquele momento.
Nós precisamos agir assim também, confiar até o fim, não desistir, insistir porque se Deus não se esquece dos seus, certamente o meu milagre é apenas uma questão de tempo. Mas é o tempo de Deus e não o nosso tempo!
Chegou o dia: Eles saíram da arca pela primeira vez onde passaram mais de um ano.
O que fazer primeiro, correr, pular, brincar, procurar frutas frescas nas árvores.
Contemplar as paisagens, enfim, não faltava o que fazer.
Mas para um homem cheio de Deus, que andava com na presença de Deus tudo isto era importante e bom, porém algo mais importante era hora de adorar e agradecer a Deus por aquele momento tão especial.
Jesus ilustrou isto quando curou dez leprosos, E, respondendo Jesus, disse: Não foram dez os limpos? E onde estão os nove? Não houve quem voltasse para dar glória a Deus senão este estrangeiro? E disse-lhe: Levanta-te, e vai; a tua fé te salvou. Lucas 17:17-19.
Levantou um altar ao Senhor: Foi a primeira atitude de Noé, construiu um altar para sacrificar e adorar a Deus.
Altar serve para adorar e sacrificar a Deus. Não foi por acaso que após aquele violento diluvio que destruiu a vida do planeta, Noé e sua casa estavam a salvo.
As coisas em nossas  vidas não acontecem por acaso, a benção de Deus não vem de forma aleatória, ela é proposital.
Deus é justo, prova o homem até as ultimas consequências para depois aprova-lo.
No momento da prova não murmure, não reclame, adore a Deus com todas as suas forças. Sl. 126.
Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que não o serve. Ml. 3:18.

C. Deus esta chamando pessoas hoje para viver em sua presença porque os dias em que vivemos são maus.
Quem se dispõe a viver uma vida que agrada a Deus em obediência, consagração e trabalho na sua obra?
Deus não mudou, continua o mesmo Deus poderoso, santo, fiel e justo.
Seus olhos estão por toda a terra separando pessoas para fazer sua vontade e colher os frutos desta obediência!
Deus nos oferece uma nova chance...
Deus abençoe sua vida!


Pastor Luciano Silveira

PALAVRA DE VIDA