MENU

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Uma queixada de jumento, Jz. 15:10-20


Resultado de imagem para queixada de jumento 
Int. Sansão foi um homem escolhido por Deus para fazer a diferença em sua geração.
Deus lhe deu dons especiais para que ele cumprisse o proposito de Deus para sua vida.
Deus nos chama e primeiro nos capacita para sermos bem sucedidos naquilo que nos chamou para fazer.
 Nazireu é o nome dado a pessoa que fez um voto (uma promessa) que na Bíblia é chamado [voto de nazireado]. Esse voto que se fazia a Deus, foi descrito de forma detalhada em Números 6. 1-21. Abaixo os detalhes do que a pessoa que fez esse voto não podia fazer:

– Terá que se abster de vinho e de outras bebidas fermentadas; Nm 6. 3
– Não poderá beber vinagre feito de vinho ou de outra bebida fermentada; Nm 6. 3
– Não poderá beber suco de uva nem comer uvas nem passas; Nm 6. 3
– Não poderá comer nada que venha da videira, nem mesmo as sementes ou as cascas;Nm 6. 4
– Durante todo o período de seu voto de separação, nenhuma lâmina será usada em sua cabeça; Nm 6. 5
– …Não poderá aproximar-se de um cadáver. Mesmo que o seu próprio pai ou mãe ou irmã ou irmão morra. Nm 6. 6-7
Esse é o voto de nazireado. Sansão, um nazireu, quebrou todas as proibições exigidas pelo voto e, por isso, foi reprovado por Deus.

C.M. Precisamos saber que é através do poder de Deus as dificuldades serão superadas, serão vencidas por causa da unção de Deus sobre nossas vidas.

1- Sansão é amarrado com uma corda: Mas de repente veio o Espirito de Deus sobre ele e as cordas se partiram como se fosse queimadas.
Isto é a fidelidade de Deus agindo em sua vida.
Talvez você hoje esta amarrado, travado, não consegue avançar, mas lembre-se, é na unção de Deus que avançamos.
Não através de nossas habilidades, “não por força ou poder, mas pelo meu espirito diz o Senhor”.
Nós assim como Sansão fomos separados por Deus para fazer também a diferença em nossa geração, e por isto a bíblia diz: Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso espírito, para que possais discernir qual é a vontade de Deus, o que é bom, o que lhe agrada e o que é perfeito. Romanos 12:2
Nada para Sansão era difícil, Deus estava agindo em sua vida com um propósito de libertar Israel das mãos de seus opressores.
Foi assim até que ele começou a quebrar sua aliança com Deus.
Ele começou a sentir-se independente, queria fazer do seu jeito, da maneira como achava melhor.

Uma queixada de Jumento: Sansão era um homem forte, acostumado com vitórias. Acostumado a está por cima. Acostumado com o sucesso:
· Era alguém disposto a tudo para ter sucesso, inclusive quebrar seus votos diante do Senhor, pois nesse texto ele ignora o fato de ser nazareno e toca no corpo de um animal morto, e dele retira-lhe a queixada.
Ele simplesmente ignora a aliança dele com Deus, queria vencer a qualquer custo, nem que pra isso sua aliança com fosse quebrada.
Após vencer todos os adversários, derrotando os mil inimigos filisteus ele se sente no topo da vida, e batiza aquele lugar de Ramate-Leí (em hebraico: o “Monte” da queixada).
· Muitas vezes nos sentimos assim, nos tornamos pessoas movidas por vitórias. Só queremos contar vantagens. Corremos atrás de status e elogios que nos massageiem o ego.
· Queremos ter um bom casamento. Uma família perfeita. Queremos um bom emprego, com um bom salário. Uma boa casa. Um carro. Queremos sempre está em Ramate-Leí, o lugar mais alto, o “Monte” da Queixada.
Nem que pra isto nossa comunhão com Deus seja comprometida.

Talvez Sansão esquecesse qual era a sua fonte de unção e vitorias:  Sanção já tinha o Espírito de Deus operando em sua vida (v.14). Sempre que o Espírito do Senhor vinha sobre ele uma força especial o impulsionava para a vitória. Mas mesmo assim Ele lançou mão do que era errado, tocou no cadáver de um animal, mesmo tendo Deus lhe proibido; tudo isso para que a qualquer modo ele pudesse alcançar seus objetivos.
O final disto é sempre dor, sofrimento e muitas vezes arrependimento.

Sentiu grande sede: Após conquistar tudo o que queria o texto diz que Sanção "sentiu grande sede" (v.18a):
· Sentiu sede porque estava perto do sucesso, mas longe de Deus e isso é igual ao fracasso.
· Sentiu sede porque descobriu que nenhuma vitória física, material, sentimental ou de qualquer outra natureza irá conseguir substituir um relacionamento sincero e real com Deus.
· Sentiu sede porque percebeu que somente Deus poderia preencher o seu vazio existencial.
Muitos hoje estão arrebentados em sua alma, desistiram dos sonhos de Deus para sua vidas para conservar o status, vivendo uma farsa, transmitindo uma imagem de que tudo está bem, mas não passam de sepulcros caiados, cheios de angustia e sofrimento em suas almas.

Água da roxa: Deus é fonte de misericórdia e perdão, mas até quando vamos brincar com Deus?
Deus fendeu a caverna e dela saiu água, e o milagre da vida voltou quando sanção bebeu, “recobrou alento e reviveu”.
Deus mais uma vez mostrou a Sansão de que somente Deus é fonte que sacia nossa alma.
Mas mesmo assim Sansão persiste em sua caminhada sem se importar muito com as consequências, seu final foi muito triste.

C. A triste historia de Sansão nos mostra que não vale a pena viver sem horar nossa aliança com Deus.
Que não vale a pena ignorar a palavra de Deus.
Eu não posso simplesmente escolher o que eu quero obedecer. Dt. 28
A palavra de Deus precisa ser obedecida sempre!

Deus abençoe sua vida!


Pastor Luciano Silveira

PALAVRA DE VIDA