MENU

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Felicidade Verdadeira Sl.1



Int. livro dos Salmos era o hinário do povo de Deus. Este mais longo livro da Bíblia abre o saltério falando sobre a felicidade.
. Para alcançar o sucesso em seus empreendimentos, o ser humano não mede esforços, nem se importa com as conseqüências dos seus atos, desde que possa se sentir feliz. E esta busca da felicidade terrena tem levado os homens para fora de si mesmos.
Resultado de imagem para arvore frutifera junto ao ribeiroAmamos coisas erradas que não produzem alegrias, bens matérias por exemplo, precisamos amar pessoas, relacionar-se bem com elas.
Mas o que acontece é que invertemos valores, porque deveríamos amar a s pessoas e usar as coisas, e muitas vezes fazemos ao contrario.
Não há possibilidade de ser uma pessoa totalmente feliz agindo assim.
C.M.
 A Palavra de Deus fala de uma felicidade genuína, profunda e abundante. Como podemos alcançar essa felicidade? A bíblia diz que bem aventura é o homem.
Bem aventurado é um adjetivo que significa muito feliz. A expressão bem aventurado (feliz), é citada diversas vezes na Bíblia Sagrada. A felicidade Celeste é fundamentada na fé e na obediência à palavra de Deus, que gera a felicidade capaz de resistir aos momentos mais difíceis da vida.

 O Salmo 1 responde a questão de como o homem pode ser feliz:
1-Primeiro, somos felizes por aquilo que evitamos. Não podemos andar no conselho dos ímpios, nem deter-nos no caminho dos pecadores e nem mesmo assentar-nos na roda dos escarnecedores.
Veja bem estas palavras, não anda... não se detém... nem se se assenta...
É o que você evita de ruim na sua vida que nos livra de sofrimento desnecessário.
Não andar no caminho dos ímpios, é não praticar impiedade.
Não confunda "ímpio" com "Impio"
Ímpio (com acento) significa anti-religioso, herege, incrédulo, descrente, contrário à fé. Já impio (sem acento) quer dizer sem piedade, cruel, desumano.
Não devemos segundo a bíblia andar neste caminho chamado impiedade se de fato queremos viver uma vida feliz.
Diz a bíblia que o justo vive pela fé, e é pela fé que alcançamos a benção de Deus, sem  ela é impossível agradar a Deus.
Não se deter no caminho dos pecadores é evitar o pecado, é procurar a felicidade em Deus e não naquilo que o mundo oferece.
A felicidade proposta pelo pecado dura muito pouco, logo passa e deixa suas marcas profundas de tristeza e arrependimento e u sentimento que não valeu apena.
Não assentar-se a roda nos escarnecedores é não zombar, criticar ou difamar a obra de Deus. Devemos respeitar e  amar obra de Deus.
Muitos ficam falando mal das igrejas e de muitos lideres só porque ouviram falar, isto segundo a bíblia é escarnecer, é sentar a roda dos escarnecedores.

2-Segundo, somos felizes por aquilo que fazemos. O nosso prazer deve estar na lei do Senhor para nela meditarmos de dia e de noite.
Aquele que deseja ser feliz tem prazer na lei de Deus, na sua palavra, não acha desculpa para obedecer, obedece porque ama.
Descobriu que ser feliz é estar dentro da vontade de Deus, e a bíblia é a palavra da verdade.
Se fizermos a vontade de Deus a felicidade será uma consequência em nossas vidas, não precisaremos gastar dinheiro, tempo, nossas forças para alcançá-la, Deus é a fonte de toda a alegria e felicidade.

3-Terceiro, somos felizes por quem somos. Somos como uma árvore frutífera plantada junto à fonte, que no devido tempo dá o seu fruto.
Somos filhos de Deus, chamados por ele para frutificar abundantemente, somos amados por ele com amor incondicional.
Seremos então semelhantes há uma árvore plantada junto ao ribeiro que floresce e dá muitos frutos, sua folha não murcha. Deus deseja dar uma vida abençoada a seus filhos, para isto precisamos fazer dele nossa fonte de felicidade.

C. Hoje podemos decidir quem vai influenciar nossas vidas, serão os escarnecedores?
Serão os pecadores?
Serão os ímpios?
Ou a palavra de Deus vai nos guiar e Jesus será o meu caminho do qual eu seguirei?
Eu escolho, a decisão é minha. Vê que hoje te pus diante de ti a vida e o bem, a morte e o mal.
Se guardares o mandamento que eu hoje te ordeno de amar ao Senhor teu Deus, de andar nos seus caminhos, e de guardar os seus mandamentos, os seus estatutos e os seus preceitos, então viverás, e te multiplicarás, e o Senhor teu Deus te abençoará na terra em que estás entrando para a possuíres. Deuteronômio 30:15,16

Deus abençoe sua vida!


Pastor Luciano Silveira

domingo, 17 de abril de 2016

NINGUÉM FALOU COMO JESUS João 7. 45-52



Int. O capítulo 7 de João começa falando da perseguição sofrida por Jesus que era movida pela inveja dos religiosos da época.
- Os judeus procuravam matá-lo – v.1. Tamanha era a inveja que tinha de Jesus porque ele arrastava multidão por onde passava, estava ganhando o coração do povo.
- Foi criticado pelos seus próprios irmãos - vv. 2-5; Foi criticado dentro de sua própria casa, nem mesmo seus irmãos estavam dispostos a ajuda-lo em sua missão.
Resultado de imagem para jesus agua da vida- As autoridades religiosas tentaram prendê-lo, mas não conseguiram vv. 25,26,30;
- Em seguida eles enviaram guardas para prender Jesus – v.32;
- Depois de algum tempo os guardas voltaram, mas não prenderam Jesus – v. 45;
- A resposta que eles deram às autoridades foi: “Jamais alguém falou como esse homem”.

C.M.O que Jesus falou que deixou estes guardas tão admirados? Que mudou o plano deles?
Eles saíram com o mandato de prisão, e voltaram com o coração quebrantado, transformado.

I. Jesus falou como nenhum outro homem porque as suas palavras vinham de Deus, o Pai vv. 16.17.
1. Eram palavras de vida e esperança; enquanto os religiosos falavam apenas de liturgias, palavras vazias que não atendia a necessidade dos seus ouvintes.
Por isso muitos estavam debandando para seguir a Jesus e abandonando crenças que não produziam vida com Deus.

2. Jesus falava palavras dosadas por amor e compreensão. Jesus falava de maneira que alcançava a pessoa como um todo. Suas palavras curavam as pessoas de seus traumas, decepções, angústias...

3. Eram palavras de graça que trazia esperança, que desafiavam as pessoas a mudar de atitude e a rota de suas vidas.
Os guardas então não puderam prendê-lo porque ao ouvirem suas palavras foram impactados.
 Jesus falou como nenhum outro homem porque ele deseja dar a todos que creem a água da vida – vv. 37,38.
As palavras de Jesus vinham acompanhadas do poder de saciar a sede da alma.

1. No ultimo dia, o grande dia da Festa. Esta festa não era apenas uma lembrança da peregrinação do deserto, mas também uma celebração pela colheita (era realizada entre setembro e outubro). No ultimo dia da festa era realizada uma solene cerimônia de derramamento de água. Um sacerdote enchia uma jarra de ouro com água enquanto as palavras de Isaias 12.3: “vós com alegria tirareis águas das fontes da salvação” eram repetidas e uma solene procissão seguia então do tanque de Siloé para o templo, e cantavam os salmos do Hallel (113-118). Halel (do hebraico הלל‎, "Louvor") é uma oração judaica baseada em Tehilim (Salmos 113-118), que é utilizada como louvor e agradecimento[1] , recitada pelos judeus nas festividades judaicas.
 Em seguida a água era derramada sobre o sacrifício. No ultimo dia isto era feito sete vezes.

2. Diante deste ritual Jesus oferece a todo que crê a verdadeira água da vida (cf. 4.10).
-Se alguém tem sede – era uma multidão sedenta, vivia apenas de rituais; mas saiam dali vazios, sem vida e sedentos.
- Venha a mim e beba – Jesus convida a todos que tem sede. Sede = necessidade, carência.
“A minha alma tem sede de Deus” (Sl 42.2)
Is 55.1: “Ah! Todos vós, os que tendes sede, vinde às águas...”.
Ap 22.17: “O Espírito e a noiva dizem: Vem! Aquele que ouve, diga: Vem! Aquele que tem sede venha, e quem quiser receba de graça da água da vida”.
Como podemos beber desta água?

3. Quem crê em mim. A fé é indispensável. Para bebermos da água da vida precisamos ter fé.
Hb 11.6: “De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe e que se torna galardoador dos que o busquem”.
- Temos que nos aproximar de Cristo com fé, crendo que Ele é real e que recompensará a todos que o busquem.

- Como diz as Escrituras: Zc 14.18: “correrão de Jerusalém águas vivas”;
Ez 47.9: fala de um rio de água viva.

Do seu interior fluirão rios de água viva. Você se torna um recipiente da graça de Deus. Isto significa que a vida de Deus fluirá dentro da sua.
- No lugar da dúvida, a certeza da vida eterna;
- No lugar do desespero, a tranqüilidade e a paz de Deus;
- No lugar da dor e solidão, a graça e a companhia de Deus;
- No lugar do vazio existencial e emocional, a presença constante do amor de Deus; o que dá sentido à nossa vida. A crise existencial, emocional e espiritual só pode ser resolvida através da água viva que está em Cristo.

Conclusão
Somente Cristo pode dá água viva, a água espiritual, que sacia a nossa sede espiritual e existencial.
Foi isto que Jesus falou, e estas palavras encheram o coração dos guardas de amor, paz e alegria.
Qual é a sua sede? Espiritual? Emocional? Existencial? Jesus lhe convida a vir a ele e beber da água da vida.


PALAVRA DE VIDA