MENU

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Palavras da Cruz-2


Palavra de Perdão
“Pai perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem” (Lc 23:34). Esta oração é feita por Jesus em um momento de grande crise sob o ponto de vista humano. Do ponto de vista de Deus era um passo fundamental no cumprimento de seu plano, para resgate da humanidade. Considerando o contexto desta oração é possível destacar alguns pontos:
Ela é o cumprimento da promessa de que o filho de Deus seria crucificado com pecadores (Is 53:12);
Neste momento Jesus expõe publicamente o pecado dos judeus e ressalta que eles estão agindo por ignorância;
Jesus dá o exemplo de que devemos interceder pelos nossos inimigos diante de Deus. A intercessão era um habito na vida de Jesus. Os textos abaixo mostram por quem Ele intercedeu:
Pelos pecadores – Is 53:12
Pelos crentes fracos – Lc 22:32
Pelos inimigos – Lc 23:34
Para envio do Consolador – Jo 14:16
Especialmente pela igreja – Jo 17:9
Em uma manifestação de profunda compaixão e amor pela humanidade Jesus nos ensina que devemos retribuir o mal com o bem.
C.M.  Quem no ápice da sua dor poderia ter uma atitude tão nobre, se esquecer de sua dor e liberar perdão ao seus carrascos?
Jesus com esta atitude nobre que foge do nosso entendimento nos ensina algumas verdades fundamentais para vivermos uma vida de vitória.
1-Se Jesus foi capaz de no ápice de sua dor perdoar seus carrascos ele esta nos ensinando que todos podem usufruir de seu perdão.
Por mais pecador que alguém seja, mediante o arrependimento sincero podemos usufruir do seu perdão.
Quando recebemos o perdão de Deus significa que estamos sendo libertos do fardo do pecado, de suas consequências danosas na vida do ser humano. Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 6:23.
Quando Jesus nos perdoa dos pecados ele esta nos colocando diante de Deus, nos reconciliando com ele novamente. Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça. Isaías 59:2.

2- O segundo ponto a ser destacado é que se Jesus nos perdoou precisamos perdoar também.
Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete. Mateus 18:22
Jesus falou do perdão e viveu perdoando porque? Porque Jesus sabia dos males que a falta do perdão trás para a vida de uma pessoa.
 Quando não se perdoa, vive-se aprisionado, suscetíveis doenças psíquicas e há uma vida de rancor.
Estudos comprovam que a falta de perdão pode desencadear em doenças emocionais e físicas como depressão, dores musculares, hipertensão e até câncer.
A psicóloga Christianne Paiva Fagundes confirma essa informação - resultado de vários estudos - e conta que já acompanhou casos de pacientes com tumor e que, após a psicoterapia, recuperaram a saúde.   
Quando Jesus nos manda perdoar esta nos protegendo de sofrimento, dores pelas quais não queremos passar e nem tampouco Jesus quer que passemos.
O primeiro a se beneficiar do perdão é quem libera o perdão, porque neste momento ele mesmo tirar um peso horrível de seus ombros.
Por isso Jesus mesmo em meios a dores horríveis preferiu perdoar e permitir que sua alma continuasse livre das mazelas da psique.

C. Este é talvez o momento para uma profunda reflexão para saber se não estamos armazenado em nossa alma algum tipo de rancor, mágoa, ressentimento.
Se isto for diagnosticado por você, livre-se deste fardo, você não precisa dele.
Lembre-se que Jesus já levou sobre si  nossos fardos. Is. 53.
Deus tem o melhor para sua vida tome posse e seja livre em nome de Jesus.

Deus abençoe sua vida!
Pastor Luciano Silveira

PALAVRA DE VIDA