MENU

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

O EVANGELISMO COM LÁGRIMAS

 Sl. 126:6


Int. De tempos em tempos, os índios tupi-guaranis, que habitam o centro-sul do Brasil, deixam a aldeia onde estão estabelecidos e seguem para o leste, em busca da Terra sem Males – um lugar onde, segundo a tradição, não existe morte. Conta um relato antropológico da primeira década do século XX que, certa vez, um dos índios mais velhos da tribo desatou a chorar e não parou mais. Ele havia sonhado que o grupo devia abandonar imediatamente a aldeia. A emoção do velho com a proximidade da partida fez com que todos se comovessem e chorassem juntos. A choradeira, de horas a fio, teve conotação de despedida, mas também foi sinal de solidariedade e integração do grupo. São assim também as lágrimas lubrificantes ou basais, que servem para umedecer, nutrir e limpar a córnea. Mas há alguma diferença entre as lágrimas com função lubrificante, as que surgem como reflexo a um cisco, e as lágrimas emocionais, como as derramadas pelos índios? Sim, há. O que mais intriga os cientistas em nossos dias é justamente esse terceiro tipo, exclusivo dos seres humanos: as lágrimas que são vertidas quando choramos para expressar algum sentimento. Ao contrário das basais e das reflexas, que têm um propósito bem definido, tais lágrimas não trazem nenhum benefício especial para a córnea ou para a superfície ocular. “Por que, então, o olho, motivado por uma emoção qualquer, produz uma secreção?”, pergunta o oftalmologista espanhol Juan Murube Del Castillo, da Universidade de Alcalá, em Madri. A hipótese mais plausível, segundo ele, é que o choro tenha surgido antes da linguagem falada, como uma expressão mímica para comunicar dor.

“O homem já havia esgotado os recursos faciais – como movimentos musculares de levantar a sobrancelha ou de morder os lábios – para revelar estados anímicos de curiosidade, surpresa ou medo, por exemplo”, diz Murube. “Precisava escolher uma nova expressão no rosto para dizer ao outro que sentia dor. As lágrimas foram a melhor escolha.” Segundo Murube, as lágrimas emocionais podem ser identificadas, em linhas gerais, como “pedidos de ajuda” (dor física, medo, raiva, humilhação, solidão, tristeza) ou como “oferecimentos de ajuda” (solidariedade, entrega religiosa, amor passional, amor humanitário, lembranças sentimentais, alegria). Matéria da Revista Super. Interessante de Junho de 2002.

C.M. O apóstolo Paulo era um pregador de olhos molhados e coração quebrantado. Muitas vezes pregamos o evangelho com os olhos enxutos demais, com o coração insensível demais porque não aprendemos sentir a dor dos outros. Jesus quando foi tirar uma folga com seus discípulos e ao viu que uma multidão que os aguardavam. Diz a bíblia que Jesus sentiu compaixão porque eram com ovelhas sem pastor. Isto significa que Jesus sentiu a dor daquele povo, a dor dos esquecidos, leprosos, prostituas, enfermos e etc.
Timóteo aprendeu com Paulo a chorar diante de Deus pela vida dos irmãos. É sobre isto que Paulo se refere aos líderes da igreja: “Portanto, vigiai, lembrando-vos de que, por três anos, noite e dia, não cessei de admoestar, com lágrimas, a cada um” (At 20.31). Foram três anos de choro e derramamento de lágrimas pela vida dos irmãos de Éfeso e Mileto. Noite e dia Timóteo via a Paulo orar em lágrimas pelas igrejas, mencionando nome por nome diante de Deus. Paulo escreveu: “Por esta causa, me ponho de joelhos diante do Pai…” (Ef 3.14), “fazendo sempre, com alegria, súplicas por todos vós, em todas as minhas orações…” (Fp 1.3).

Os grandes homens de Deus foram homens de lágrimas.

 Davi chorava porque as pessoas não davam atenção à lei de Deus. I Sm 30:4-6. Sl 56.8. Davi foi um colecionador de lágrimas.

Neemias chorou ao saber a respeito do opróbrio de seu povo. Neemias era um judeu que estava a sofrer as agruras do cativeiro babilónico, servindo na corte do rei, na qualidade de  copeiro-mor, a quem cabia a responsabilidade de provar as comidas e bebidas do rei, para verificar a sua qualidade e se não eram prejudiciais à saúde e bem estar do soberano.
 Lá, na cidade de Susã, ele ouviu das más notícias vindas da cidade santa de Jerusalém. A cidade estava destruída, queimada e os túmulos violados e votados  ao abandono. Os poucos habitantes que ali estavam viviam na miséria e no desprezo.
 Então, Neemias sentou-se e chorou diante do Senhor, pois sabia que tudo aquilo era devido ao pecado dos seus pais, que não ouviram a Palavra de Deus  e não se arrependeram.
Sentou-se e chorou os pecados
Lamentou-se em oração por alguns dias, jejuou e orou perante o Senhor

Jesus chorou ao ver a incredulidade de Jerusalém. Jerusalém, Jerusalém, como gostaria que visses as tuas oportunidades, mas tu queres continuar de olhos fechados; como queria que abrisses os olhos, mas tu preferes continuar de olhos fechados e não ver a verdade; como quis ajuntar os teus filhos como a galinha ajunta os pintos debaixo das asas, mas tu não quiseste... Lucas 19:41-44.

Você sabia que Deus também chora? "Por isso, o meu coração chora por Moab e pelos habitantes de Quir-Heres, como aquele que toca uma música fúnebre na sua flauta, porque tudo o que possuia se foi." Jeremias 48:36.
Ele também esta chorando pelas pessoas que estão se perdendo, pelo seu filho que esta nas drogas, pela a família que esta se destruindo, pela vida arruinada que você esta vivendo.
Talvez você questione! Então se Deus chora não tem ele todo poder? Porque não usa este poder para tirar este filho das drogas, porque não salva estas vidas que estão se perdendo?
Sim ele tem todo o poder para salvar restaurar libertar e salvar, só que este poder ele deus a mim e para você. Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra. Atos 1:8
Você tem chorado diante de Deus pelos seus filhos, para se arrependam e sejam salvos?
Você tem chorado pelos seus amigos e parentes para que sejam salvos?
Dizemos que eles não querem nada com Deus para nos justificar.
Quando falo do choro falo de dispensar um tempo falar orar, discipular ensinar estas pessoas a caminhar com Jesus.
Ana chorou por um filho que ainda não tinha, e mesmo antes de telo consagrou ao Senhor e ele se tornou um juiz em Israel.
A mulher sunamita chorou aos pés do profeta por seu filho morto, e ele foi salvo, Jairo quebrou o seu orgulho diante de todos se prostrando diante de Jesus por sua filha que estava mal.
Precisamos chorar e clamar a Deus por filhos espirituais, porque a infertilidade é uma maldição.
DECLARAÇÕES DE APAIXONADOS POR ALMAS

Frases de homens que amam as almas, mais que qualquer outra coisa.

John Knox: "Dá-me a Escócia ou eu morro!".

Whitefield: "Se não queres dar-me almas, retira a minha!".

John Bunyan: "Na pregação não podia contentar-me sem ver o fruto do meu trabalho".

Matheus Henry: "Sinto o maior gozo em ganhar uma alma para Cristo, do que em ganhar montanhas de ouro e de prata, para mim mesmo".

D. L. Moody: "Usa-me, então meu Salvador, para qualquer alvo em qualquer maneira que precisares. Aqui está meu pobre coração, uma vasilha vazia, enche-a com tua graça".
Henrique Martyn, ajoelhado na praia da Índia, onde fora como missionária, dizia: "Aqui quero ser inteiramente gasto por Deus".

John Mckenzie, ajoelhado a beira do Lossie, clamava: "Ó Senhor, manda-me para o lugar mais escuro da terra!".

Prayine Hyde, missionário na Índia, suplicava: "Ó Deus, dá-me almas ou eu morrerei!".

David Brainerd falava: "Eís-me aqui, Senhor. Envia-me a mim! Envia-me até os confins da terra: Envia-me aos selvagens habitantes das selvas; envia-me para longe de todo conforto terrestre; envia-me mesmo para morte, se for para teu serviço e para progresso do Teu reino". Ele mesmo escreveu: "Lutei pela colheita de almas, multidões de pobres almas. Lutei para ganhar cada uma, e isto em muitos lugares. Sentia tanta agonia, desde o nascente do sol até o anoitecer, que ficava molhado de suor por todo o corpo. Mas, ó meu querido Senhor soou sangue pelas pobres almas. Com grande ânsia eu desejava ter mais compaixão".

João Welsh, encontrava-se nas noites mais frias prostrado no chão, chorando e lutando com o Senhor, por seu povo. Quando sua esposa implorava que explicasse a razão da sua ânsia, respondia: "Tenho que dar conta de três mil almas e não sei como estão".

E nós?  Qual será nossa atitude? DEUS tem pressa, e quer nos usar em sua obra, só depende de nossa vontade. Pensemos nisso.

C. Precisamos regar o solo com nossas lágrimas, se quisermos voltar com os frutos da nossa semeadura.
Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados; Mateus 5:4 Bem aventurado significa uma felicidade prolongada.
Alegrai-vos com os que se alegram; e chorai com os que choram; Romanos 12:15

Deus abençoe sua vida.


Pastor Luciano Silveira

PALAVRA DE VIDA