MENU

domingo, 8 de setembro de 2013

Aliança de sangue parte 5

 Gn. 31-24

Int. No Éden Adão e Eva viviam tranquilos administrando para Deus aquele  belo jardin.
Eles não tinham falta de nada, eles tinham liberdade para fazerem muitas coisas, comerem do quisessem, apenas da arvore do conhecimento e a arvore da vida não podiam tocar.
Era um acordo que tinham com Deus para que eles continuassem a administrar aquele lugar.

C.M. Adão e Eva preferiram a desobediência e quebraram a aliança que tinham com o criador, pagaram um preço muito caro por tal desobediência.

Ao comerem do que não podiam tiveram vergonha da nudez: Isto era muito trágico porque isto faria dele um eterno fugitivo da presença de Deus.
Viveriam longe de Deus agora dependendo apenas deles mesmo  para sua sobrevivência.
A historia nos mostra como é difícil e infeliz a vida de um homem sem Deus, e para Adão não seria diferente visto que tinha quebrado a aliança com Deus e não tinha mais o direito de viver em sua presença.

A palavra hebraica para aliança é Berith que significa “cortar vida”. E Deus deixou bem claro que o sangue é vida na carne. Porque a vida da carne está no sangue; pelo que vo-lo tenho dado sobre o altar, para fazer expiação pelas vossas almas; porquanto é o sangue que fará expiação pela alma. Levítico 17:11
Então para que a presença de Deus fosse desfrutado pelo homem novamente deveria ser feito uma aliança de sangue, uma aliança que encobre a vergonha e devolve a honra.
Isto só poderia acontecer através do derramar do sangue deum inocente.
Para que Adão e Eva não fossem eternos fugitivos da presença de Deus um inocente teria que morrer.
Deus então sacrifica um animal e faz da lelé deste animal roupas para cobrir a vergonha deles.
A aliança era confirmada desde que o sangue fosse derramado. Somente um inocente poderia cobrir a vergonha de um culpado.
O animal que foi sacrificado para vestir Adão era perfeito e puro, deste modo Adão e Eva quando ouvissem a voz Deus não ficariam com vergonha, pois a culpa havia se retirado deles por meio do sangue de um inocente.
O primeiro sacrifício de toda a historia aconteceu para remover a vergonha e devolver a honra, desta forma Deus fez aliança, Berith.

Fazemos parte desta aliança.
Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça. Isaías 59:2
Semelhante a este casal nós estaríamos condenados e jamais poderíamos chegar a presença do Senhor. Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; Romanos 3:23. Mas Jesus com seu sangue derramado no calvário devolveu o direito de estar na presença de Deus novamente.

O sangue desta aliança nos devolve o direito de estar na presença de Deus.
Na véspera de sua morte Jesus partindo o pão e disse isto é o meu corpo que entregue por vós. Ele estava fazendo uma aliança conosco. Logo em seguida toma o cálice e diz: Este é o meu sangue que é  derramado em favor de vós.
Por isto Jesus instituiu a ceia como um memorial da aliança que cobre a vergonha e devolve a honra para o culpado.
Não há outra forma de pagamento, somente pela aliança de Cristo conosco, ou nós o recebemos como nosso Senhor e salvador, ou seremos eternos fugitivos de presença.

Esta aliança nos permite vencer o inimigo. E eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram as suas vidas até à morte. Ap. 12:11.
Por causa do sangue que cobre nossa vergonha o inimigo não pode mais nos acusar, porque a divida já foi paga e estamos livres de novo. Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. João 8:36
Esta liberdade só consegue por meio desta aliança com Jesus, que nos faz verdadeiramente livres.
Não podemos ignorar este fato, não podemos nos enganar achando que somos livres, quando na verdade somos dominados por coisas aparentemente insignificantes como cigarro, álcool, etc.

C. O proposito que Jesus veio foi para nos tornar livres: O Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados de coração, A pregar liberdade aos cativos, E restauração da vista aos cegos, A pôr em liberdade os oprimidos, A anunciar o ano aceitável do Senhor. Lucas 4:18-19
O preço foi pago com sangue, custou à vida de um justo e perfeito, cabe a cada um de nós usufruirmos deste beneficio conquistado por meio de uma aliança.
Deus abençoe sal vida!

Pastor Luciano silveira

PALAVRA DE VIDA