MENU

quinta-feira, 11 de julho de 2013

NÃO EXISTE ACASO, EXISTE PROVIDÊNCIA!

 Rm. 8:28-30

Int. Passamos por muitas circunstâncias difíceis na vida. Sofremos injustiça e derramamos lágrimas de dor e decepção. Porém, essas circunstâncias não são meras casualidades. Não cremos em acaso. Não vemos a vida como expressão da sorte ou do azar. Não cremos em determinismo, mas na providência soberana de Deus. Todas as coisas e não apenas as melhores delas cooperam para o nosso bem. Ainda que nossos olhos não vejam isso nem nosso coração sinta isso, sabemos que essa é a expressão da verdade. Descanse, portanto, na providência divina. Não há Deus como o nosso que trabalha para aqueles que nele esperam!

C.M. Moisés reclamou muitas vezes do povo de Israel, porque durante quarenta anos precisou pastorear aquele povo rebelde. Mas que seria ele se não tivesse que lidar com aquele povo?
Provavelmente diante do mar vermelho temeu, ficou angustiado e confuso, mas ali diante do mar teve uma grande experiência com seu Deus. Quando não existe caminho Deus cria um para os seus escolhidos que acreditam nele!

Elias desejou morrer porque Jezabel queria mata-lo, mas s e não fosse as ameaças de Jezabel ele  não teria ido para o monte Horebe e não teria ouvindo Deus.
Porque ali foi uma das maiores experiências que ele teve com Deus, num momento crucial de sua vida onde ele achou que não havia mais ninguém que temesse a Deus, e Deus lhe disse que ainda havia sete mil profetas cheios do poder e do temor de Deus. Esta palavra encheu Elias de entusiasmo, seu ministério ficou revigorado, e partiu dali para dar continuidade na sua vida, cumprir o chamado e proposito de Deus para ele.

Quando pensamos no rei Davi, lembramos logo de Golias.
Quando pensamos em Daniel lembramos logo da cova cheias de leões.
Quando lembramos de Jó lembramos do seu sofrimento.
Quando lembramos de José lembramos de sua prisão.
Mas o que estes homens têm em comum?
Eles provavelmente nem seria lembrados, mas até hoje, milhares de anos depois continuam influenciando nossas vidas, sendo exemplo para nossas vidas.
É na tempestade que Deus nos torna forte, e nos faz crescer por meio da experiência.
Aprendemos a confiar nele, aprendemos a ter paciência, e principalmente depender de Deus.
Eles ficar conhecidos por causa das grandes lutas que tiveram, e todos estes venceram porque acreditaram, recusaram-se a retroceder.
Romanos 8.18 – “Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada”.

Salmos 37.5 – “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia n’Ele, e Ele tudo fará”.

Muitos personagens da Bíblia sofreram aflições antes mesmo de receberem suas vitórias. Após um encontro com Jesus a caminho de Damasco, o Apóstolo Paulo tornou-se outro homem. Saulo teve um encontro com Jesus, e sua vida mudou completamente.

Paulo quando entrou no caminho do Senhor, passou de caçador, à caça, agora não mais era perseguidor e sim o perseguido. Paulo foi caluniado, perseguido, espancado, preso, e nem por isso negou o nome de Jesus. Ele não desistiu de fazer a boa obra que o Senhor havia lhe confiado. No final de sua vida declarou que teve o privilégio de combater o bom combate, encerrar a carreira e guardar a fé.

C. Não existe acaso , existe a providencia de Deus, ele esta contigo no presente e assegurando um futuro de bênçãos para você.
Porque o sucesso do teu futuro depende desta escola da qual você esta sendo trinado agora.
Não reclame confie, Deus tem o melhor para você.
Deus abençoe sua vida!

Pastor Luciano Silveira


PALAVRA DE VIDA