MENU

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Amigo de todas as horas

 Jo. 11
Int. É bom ter um amigo, não é mesmo? Alguém para brincar, dar risadas, conversar, falar, bater papo, jogar, dialogar, assistir televisão, ganhar presentes e se divertir. Alguém em quem podemos confiar, alguém que possamos pedir ajuda, auxílio e conselhos.
Alguém que possamos comemorar nossas vitórias, compartilhar nossas derrotas e dividir nossas dores. Alguém que possamos comemorar nossos aniversários, ganhar presentes, passearmos juntos, festejarmos, viajarmos, brincarmos, cumprimentarmos.
Alguém que possa nos elogiar, fazer companhia, rechear nossas vidas com momentos agradáveis, prazerosos e aprazíveis, irrigar as veredas de nosso coração com palavras carinhosas e oxigenar nossas mentes com boas lembranças.
Alguém em quem podemos compartilhar momentos bons, recordar boas lembranças, partilhar experiências e confidenciar nossas vidas. Razão pela qual eu digo que é bom termos amigos.
 Existem muitas frases bonitas a respeito de amizades, de amigos verdadeiros.
Todas elas recheadas de beleza, palavras bem colocadas quem encantam, porém na grande maioria sem aplicação prática. Porque amizade não se resume frases bonitas, festa social vai um pouco mais além, amizade verdadeira é onde podemos compartilhar nossas vida e ajudar a levar o fardo uns dos outros.
Onde encontrar estes amigos verdadeiros que são descritos na ponta de uma caneta?
Talvez não tenha resposta concreta para esta pergunta, porque nossos amigos verdadeiros por mais que queiram não conseguem fazer em algumas situações o que fato precisamos.

C.M. Lázaro era amigo íntimo de Jesus, muito próximo dele, esta amizade começou quando Jesus curou os dez leprosos e um voltou para agradecer, e este pela gratidão demostrada se torna amigo fiel de Jesus.
A partir dai começou uma amizade linda de Jesus com esta família, marta, Maria e Lázaro.
Diz a bíblia que este Lázaro amigo de Jesus adoeceu e veio a falecer, fato que causou muita dor naquela família.
E aqui vamos conhecer algumas situações que só o amigo Jesus pode fazer, coragem e amor  que só ele tem para com seus amigos.

1-Arriscar sua vida pela vidado amigo V8: Jesus decidiu ir a Betânia onde esta seu amigo sepultado, mesmo sabendo que isto poderia- lhe custar a vida.
Isto significa que para estar conosco nos momentos difíceis Jesus pagou um preço muito alto.
Enquanto muitos amigos se aproximam de nós quando podem obter certa vantagem, Jesus se aproxima para nos oferecer sua ajuda, ainda que lhe custasse a sua própria vida. Que outra pessoa teria tanto amor e tanta coragem para fazer isto? Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos”. (João 15.13).
Ir a Betânia naquele momento era arriscar não sair de vivo, mas mesmo assim Jesus vai, pois Lázaro era seu amigo.

2-Eu sou a ressurreição e vida: Marta quando o encontra exclama “Se tu estivesse aqui”.
Jesus é aquele amigo que nos momento mais difíceis faz o que ninguém consegue fazer.
Uma ferida da alma que nos causa muita dor, ele tem o remédio.
O choro que não quer cessar ele consola.
Maria na sua exclamação lamenta que Jesus não estivesse ali no momento antes da morte de seu irmão, porém agora Jesus estava.
Ele não atrasa, ele sempre chega no momento certo, nós temos muitas dificuldades em entender isto.
Mas Deus faz tudo com muita perfeição, seu amigo Lázaro se tornou um referencial da importância de ser amigo de Deus para muitas pessoas que o conheciam e estiveram no seu velório.
A bíblia diz que muitas pessoas foram até sua casa para vê-lo e se converteram a Deus.

3-Jesus chorou: Diante do túmulo de seu amigo Jesus, ele não alheio quanto as suas dores, seus anseios, seus sofrimentos.
Em apenas duas situações esta registrado que Jesus chorou.
Diante do túmulo de seu amigo Lázaro, e observando a rejeição de Jerusalém quanto a oportunidade de salvação que esta cidade estava rejeitando.
Diante das tuas dificuldades Jesus se comove, quer te ajudar, você precisa permitir ser ajudado por ele.
Quando Os dez leprosos foram curados , nove nem se quer voltaram para dizer muito obrigado, talvez estavam ansioso para ver seus familiares, cuidar dos seus negócios, tocar suas vidas.
Este não voltou e não somente agradeceu, mas se prostrou e adorou a Jesus.
Ele preferiu a amizade de Jesus e passou a andar com ele, viver o que Jesus ensinava, isto fez toda a diferença em sua vida. Como é bom ser amigo de Jesus!

4-Lázaro vem para fora: Seu amigo esta te chamando, fazia quatro dias que estava morto, portanto uma situação irreversível, não para Jesus.
Este amigo esta presente com você em todo os momentos para te ajudar, consolar e fazer o que mínguem mais pode fazer. Tem uma frase do escritor alemão, Norbert Lieth, que descreve exatamente quem é este nosso amigo chamado Jesus: “Para muitos, Jesus é apenas uma figura apropriada para uma pintura, o herói de um romance, um belo modelo para uma escultura ou o tema para uma canção. Mas para os que ouviram Sua voz, experimentaram Seu perdão e sentiram Suas bênçãos, Ele é aconchego, luz, alegria, esperança e salvação, um amigo que não nos abandona jamais, que nos levanta quando estamos prostrados”.

5-Desaitai- e o deixai-o ir: Ele deu uma ordem, aquilo que te  prende seja retirado de ti e sejas livres porque ele é seu amigo. Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. João 8:36
Ele já pagou pela tua liberdade, você não precisa mais viver preso ao ódio, mágoa, vícios porque quebrou estas cadeias que nos prendiam e nos fez livres. "... havendo riscado o escrito de dívida, que era contra nós nas suas ordenanças, o qual de alguma maneira nos era contrário, e o tirou do meio de nós, cravando-o na cruz...Cl 2:14.
C. Este amigo deu sua vida por mim e por você, muitas vezes nos chamou de amigos, perdoou, amou, entendeu com ninguém, ele continua o mesmo, nos amando, nos entendendo e querendo nos ajudar, querendo  fazer parte das nossas vidas.

Deus abençoe sua vida!


Pastor LucianoSilveira

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Haja graça e graça

 Zc. 4:6-7

Zorobabel é um líder israelita mencionado no Antigo testamento da Bíblia que teria liderado o retorno do primeiro grupo de judeus exilados que se encontravam no cativeiro babilônico, fato histórico ocorrido após 539 a.C., quando o rei Ciro da Pérsia havía ocupado a Babilônia.
Ao estabelecer-se na terra prometida, trabalha pela reconstrução do Templo de Jerusalém, completando a obra em torno do ano 515 a.C., com muita persistência, tendo enfrentado uma interrupção das atividades durante um período de dez anos.
Seu nome é citado na genealogia de Jesus Cristo nos versos 12 e 13 do capítulo 1 do Evangelho segundo Mateus e no verso 27 do capítulo 3 do Evangelho segundo Lucas, mencionado como filho de Selatiel, neto do rei Jeoaquim, da descendência de David. Porém, a sua história é contada por Esdras, sendo mencionado ainda em outros livros do Antigo Testamento como em II Crônicas, Neemias, Ageu e Zacarias.
Apesar do Antigo Testamento não mencionar nada sobre os descendentes desse personagem, o Evangelho segundo Mateus menciona Abiúde como seu filho.

C.M. Este homem diante de uma grande desafio, voltou do CATIVEIRO na qualidade de governador dos judeus.

-Restabeleceu o culto e reconstruiu o Templo, mas não foi uma tarefa fácil devido a forte oposição que enfrentou.
Embora tivessem começado com carinho e prestezas acomodaram-se por causa das dificuldades e o trabalho foi paralisado.
-Os inimigos, samaritanos, que prejudicaram a obra fazendo-a ficar parada por mais de 15 anos, fez com que os judeus ficassem acomodados e desanimados, outro motivo era que o templo era inferior ao de Salomão.
-Quando Zorababel estava enfraquecido Deus fala com ele e o coloca de pé novamente. (v.6-7).
Algumas lições que aprendemos quando não temos mais força para continuar.

1-Não por força: Tuas forças acabaram, não tem ânimo para continuar? É nesta hora que Deus entra com sua providência, surge como nosso socorro na hora da angústia. Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. Salmos 46:1.
É nele, e por ele que estamos de pé, ele não se cansa, ele é o nosso Deus que nos coloca de pé e faz o que não podemos fazer.
Pare de tentar sozinho, de uma chance para Deus ajudar você.

2-Nem por poder: Inteligência, capacidade, determinação, ousadia, dinamismo são qualidades importantes para quem quer vencer. Porém em algumas situações embaraçosas de nossas vidas elas não serão suficientes.
As vezes pessoas que possuem tais qualidades sente-se autossuficientes, acham  que podem e vão conseguir na força do seu próprio braço.
No final ficam cicatrizes, marcas profundas, resultados do fracasso de pessoas que achavam que podia na raça e coragem vencerem sozinhas.
Outros porque possuem fama e dinheiro também são vitimas deste sentimento de autossuficiência, por isto muitos estão a beira de um colapso nervoso, a ponte de desistir de tudo.
Mas a palavra de Deus é clara, não é por poder ou por força, é pelo seu espirito.

3-Na força do Senhor: Quando ousamos depender desta força somos surpreendidos por algo que nunca imaginávamos que pudesse acontecer. Pedro tinha pescado a noite toda e não tinha pescado nada, Jesus manda-o novamente para alto mar e lançar sua rede, numa hora impropria para pescar, veja a resposta de Pedro.
“Mestre pescamos a noite toda  e nada apanhamos, mas sobre tua palavra lançarei a rede”.
O resultado foi simplesmente surpreendente, ele quase não acreditava no que estava vendo. Isto é o que ele pode fazer por você, o que nem você e nem mínguem pode, porque ele é o Deus do impossível.
Talvez você esteja pensado, mas o meu problema é grande de mais...
Deus esta dizendo para você:

4-Quem é és tú ó grande monte? Diante de Zorababel serás uma campina. Quem é este probleminha diante do grande Deus todo poderoso?
Foi desta maneira que Davi viu golias, que Daniel viu a cova cheia de leões, seus amigos viram a fornalha de fogo ardente.
Você vai vencer  porque Deus esta contigo, este problemão para Deus é probleminha insignificante creia nisto! Esta grande problema diante você é nada diante do nosso Deus.

5-Pedra de remate: É o mesmo significado que pera angular, sim a mesma que muitos edificadores rejeitaram.
Esta pedra tem nome, é Jesus, significa que Jesus é base de nossa vitória. Uma construção naquela época sem esta pedra, era uma construção sem alicerce, ou seja; era apenas uma questão de tempo para ela cair.
Sem Jesus a qualquer hora a casa pode cair, mas se ele for o nosso alicerce, pode vir a chuva, soprar o vento, estaremos firmes. Agora sei que o Senhor salva o seu ungido; ele o ouvirá desde o seu santo céu, com a força salvadora da sua mão direita. Uns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós faremos menção do nome do Senhor nosso Deus. Uns encurvam-se e caem, mas nós nos levantamos e estamos de pé.Salmos 20:6-8

6- Graça e graça sobre ela: Graça é um conceito teológico fortemente enraizado no Judaísmo e no Cristianismo, definido como um dom gratuito e sobrenatural dado por Deus para conceder à humanidade todos os bens necessários à sua existência e à sua salvação. Esta dádiva é motivada unicamente pela misericórdia e amor de Deus à humanidade, logo, movida por Sua iniciativa própria, ainda que seja em resposta a algum pedido a Ele dirigido. E também por esta razão, a Graça é um favor imerecido pelo Homem, mas sim fruto da misericórdia e amor divinos.
Isto significa que nele e por ele que vem a nossa vitória, em nenhum momento é mérito nosso.

 C. Podemos vencer sim, porque não depende de nós, depende dele; a pedra de remate.

Como que não depende de mim, que é pela graça de Deus, por isto podemos descansar  nele. Sl. 37:4-5.

Deus abençoe sua vida!

Pastor Luciano Silveira

quarta-feira, 17 de julho de 2013

EU ERA CEGO E AGORA VEJO parte 1

 Jo. 9:13-41
o cego de jerico bartimeuInt. A vida cristã é a evidência de uma transformação radical. Éramos escravos do pecado e agora somos livres. Estávamos perdidos e agora fomos achados. Éramos filhos da ira, e agora somos o deleite de Deus. Estávamos mortos nos nossos delitos e pecados e agora recebemos vida. Estávamos cegos e agora vemos o que nem um olho viu nem ouvido ouviu. A vida do cristão é o cenário de um grande milagre, o palco de uma profunda transformação. O cristão é aquele que pode dizer: "Eu sei de uma coisa: eu era cego e agora vejo".
C.M. Não pode existir meio cristão, meio santo, meio comprometido, meio fiel.
Somos chamados para uma mudança completa de 360º graus, é o mínimo que Deus espera de nós.
Este homem do qual não se sabe o nome, apenas que era cego e mendigo, era deixado de lado, excluído, sem esperança de um futuro melhor, pré-julgado pela sociedade de maldito. Sua cegueira ia além da física, era uma cegueira espiritual também.

Enquanto cego e mendigo Não enxergava:
1-O interesse por Deus em sua vida: Ele nunca imaginou o quanto Deus estava interessado em usa-lo com uma testemunha viva da transformação que ele faz em uma pessoa.
Todos o viam com um pecador amaldiçoado pelo fato de ter nascido cego, quando na verdade Deus o estava preparando para falar com autoridade sobre o amor e a misericórdia de Deus. Devemos aproveitar os momento difíceis para crescermos na fé e comunhão com Deus.

2- Não enxergava  O caminho verdadeiro: Há somente um caminho e ele se chama Jesus, ele andava de um lado para o outro, tropeçando em pedras, errando o caminho muitas vezes.
Esta tem sido a realidade de muita gente, pessoas que andam tateando no escuro, suas escolhas tem os levados por caminhos sinuosos, difíceis e perigosos.
Tais caminhos causam dor, lágrimas e muito sofrimento, são escolhas erradas quando nos aventuramos por caminhos desconhecidos. Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6.
Muitos tem se aventurado por caminhos desconhecidos, no final chegam com marcas profundas de arrependimentos, almejando uma oportunidade para voltar a trás e corrigir sua rota.
Não vale apena arriscar, vale apena seguir o único e verdadeiro caminho que é Jesus.

3- Não enxergava O proposito da sua vida: Porque havia nascido? Talvez esta pergunta o torturasse muitas vezes, sem entender porque havia nascido.
Há muitos cegos nos dias atuais que estão desejando a morte, entrando em depressão porque desconhece o verdadeiro proposito de sua vida. Cegos porque não conseguem enxergar o proposito maravilhoso de Deus para sua vida.
Pessoas que andam de um lado para o outro sem uma direção certa, buscando prazeres, alegrias, uma maneira de ser feliz ou bem sucedida.
Quando isto acontece a vida se torna um fardo pesado, suga nossas energias e tira nossa vontade de viver e lutar por nossos sonhos.
Rouba-nos a possibilidade de felicidade, de viver uma vida satisfatória. Então vem a pergunta, porque nasci?
Jesus chegou na vida deste cego e respondeu suas maiores indagações! PARA QUE MANIFESTASSE A GLÓRIA DE DEUS.
Se você esta perdido, com muitas questões a ser respondida, permita Jesus encontrar-se com você e ele responderá estas indagações.

4- Não enxergava que não precisava viver como mendigo: Afinal ele tinha família, casa para morar e mesmo assim andava na sarjeta.
Talvez você tenha tudo o que precisa para ser bem sucedido, falta apenas o mais importante que é Jesus.
Este cego tinha tudo para isto, tinha família, era inteligente porque na sua conversa com os fariseus ele demonstra sabedoria ao falar, só faltava em sua vida um encontro verdadeiro com Jesus.
Talvez para você também, falta um encontra verdadeiro com Jesus, não apenas dizer que crer nele, é viver uma vida com ele, um relacionamento verdadeiro, intimo e profundo.
Porque a grande maioria diz que acredita nele, mas nunca teve coragem de entregar sua vida nas mãos dele.
Talvez por medo do que os amigos vão dizer, ou porque não acredita de fato no ele pode fazer por nós.
Você não precisa viver assim, Jesus pode mudar sua vida por completo.

C. Jesus revelou-se a ele, neste momento este homem que agora via creu a o adorou.
Ele não se importou com os comentários, com os pré-julgamentos, ele foi viver sua vida com Jesus sem se importa com o que os demais pensavam porque agora ele enxergava.
Ele enxergava que Jesus era o único caminho, seu amigo, ajudador, pastor, conselheiro, a lista é enorme...
O fato é que ele pode dizer “eu era cego e agora vejo”.

Deus abençoe sua vida!

Pastor Luciano Silveira



quinta-feira, 11 de julho de 2013

NÃO EXISTE ACASO, EXISTE PROVIDÊNCIA!

 Rm. 8:28-30

Int. Passamos por muitas circunstâncias difíceis na vida. Sofremos injustiça e derramamos lágrimas de dor e decepção. Porém, essas circunstâncias não são meras casualidades. Não cremos em acaso. Não vemos a vida como expressão da sorte ou do azar. Não cremos em determinismo, mas na providência soberana de Deus. Todas as coisas e não apenas as melhores delas cooperam para o nosso bem. Ainda que nossos olhos não vejam isso nem nosso coração sinta isso, sabemos que essa é a expressão da verdade. Descanse, portanto, na providência divina. Não há Deus como o nosso que trabalha para aqueles que nele esperam!

C.M. Moisés reclamou muitas vezes do povo de Israel, porque durante quarenta anos precisou pastorear aquele povo rebelde. Mas que seria ele se não tivesse que lidar com aquele povo?
Provavelmente diante do mar vermelho temeu, ficou angustiado e confuso, mas ali diante do mar teve uma grande experiência com seu Deus. Quando não existe caminho Deus cria um para os seus escolhidos que acreditam nele!

Elias desejou morrer porque Jezabel queria mata-lo, mas s e não fosse as ameaças de Jezabel ele  não teria ido para o monte Horebe e não teria ouvindo Deus.
Porque ali foi uma das maiores experiências que ele teve com Deus, num momento crucial de sua vida onde ele achou que não havia mais ninguém que temesse a Deus, e Deus lhe disse que ainda havia sete mil profetas cheios do poder e do temor de Deus. Esta palavra encheu Elias de entusiasmo, seu ministério ficou revigorado, e partiu dali para dar continuidade na sua vida, cumprir o chamado e proposito de Deus para ele.

Quando pensamos no rei Davi, lembramos logo de Golias.
Quando pensamos em Daniel lembramos logo da cova cheias de leões.
Quando lembramos de Jó lembramos do seu sofrimento.
Quando lembramos de José lembramos de sua prisão.
Mas o que estes homens têm em comum?
Eles provavelmente nem seria lembrados, mas até hoje, milhares de anos depois continuam influenciando nossas vidas, sendo exemplo para nossas vidas.
É na tempestade que Deus nos torna forte, e nos faz crescer por meio da experiência.
Aprendemos a confiar nele, aprendemos a ter paciência, e principalmente depender de Deus.
Eles ficar conhecidos por causa das grandes lutas que tiveram, e todos estes venceram porque acreditaram, recusaram-se a retroceder.
Romanos 8.18 – “Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada”.

Salmos 37.5 – “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia n’Ele, e Ele tudo fará”.

Muitos personagens da Bíblia sofreram aflições antes mesmo de receberem suas vitórias. Após um encontro com Jesus a caminho de Damasco, o Apóstolo Paulo tornou-se outro homem. Saulo teve um encontro com Jesus, e sua vida mudou completamente.

Paulo quando entrou no caminho do Senhor, passou de caçador, à caça, agora não mais era perseguidor e sim o perseguido. Paulo foi caluniado, perseguido, espancado, preso, e nem por isso negou o nome de Jesus. Ele não desistiu de fazer a boa obra que o Senhor havia lhe confiado. No final de sua vida declarou que teve o privilégio de combater o bom combate, encerrar a carreira e guardar a fé.

C. Não existe acaso , existe a providencia de Deus, ele esta contigo no presente e assegurando um futuro de bênçãos para você.
Porque o sucesso do teu futuro depende desta escola da qual você esta sendo trinado agora.
Não reclame confie, Deus tem o melhor para você.
Deus abençoe sua vida!

Pastor Luciano Silveira


domingo, 7 de julho de 2013

A igreja de Jesus



Texto. Mr. 11:15-19   Mt. 21:33-46

Int. Desde de o começo Deus estabeleceu um lugar para que ele fosse adorado.
Primeiro foi o Tabernáculo: Grande barraca onde eram realizados os atos de adoração durante o tempo em que os israelitas andaram pelo deserto, depois da sua saída do Egito {Êx 25-27}. O tabernáculo continuou a ser usado até que o TEMPLO foi construído, no tempo do rei Salomão. Ali o povo adorava, se alegrava e festejava.
 
Depois disso o templo: O primeiro Templo foi construído por Salomão, mais ou menos em 959 a.C., e destruído pelos babilônios em 586 a.C. 2ª Cr. 7:1-8.

C.M. Com o passar do tempo a Igreja foi perdendo sua identidade e se tornou um lugar de liturgia, rituais que não serviam para nada, que havia perdido seu propósito central que era a adoração ao Deus verdadeiro.
Nos dias de Jesus a Igreja estava completamente distante da verdade proposito de Deus, desconheciam o que era o amor, negligenciavam o perdão e a misericórdia.
Transformaram a casa de Deus em um comercio onde tinha de tudo menos a presença e a aprovação de Deus no estavam fazendo.
Jesus entrou e expulsou os que vendiam: Começou a tirar o que não prestava, (pecado).
*Igreja é um lugar de cultuar a Deus, comungar com os demais, ou seja; unidade.
*Igreja é um lugar sagrado e com um valor inestimável.
Quando Salomão consagrou o templo algumas coisas aconteceram:
1-      Fogo desceu do céu. Poder de Deus.
2-      Sacrifício, (ofertas). O povo havia ofertado a seus sacrifícios a Deus.
3-      A glória do Senhor enchia o templo, A presença de Deus naquele lugar era real.
4-      O povo se ajoelhou: Reconheceu a soberania de Deus.
5-      Adoraram e deram graças a Deus.

Quando Jesus vê a indiferença das pessoas para com a igreja, e que eles estavam transformando num mercado sua casa, ele mostra o que é verdadeiramente a igreja e seu propósito. OS CEGOS E COCHOS SE APROXIMARAM DELE E ELE OS CUROU.
*Ele tem curado neste lugar os abatidos de espírito, cegos espirituais, Lucas 4 o espírito do senhor esta sobre mim... Para isto serve a Igreja.
* O propósito de Deus em sua vida é produzir o milagre da salvação, e a Igreja precisão mostrar isto as pessoas.
*Deus esta a procura de uma igreja.
1-adoradora,(adorar em espírito e verdade). Adorar é cultuar, ou prestar serviço a Deus de todo o coração (1Cr 16.29, Sl 29.2, 96.9, 99.9). Adorar não é apenas cantar uma canção que fale da grandeza de Deus, mas é contemplá-lo na perfeição de seus atributos (Sl 27.8) e, crendo Nele, viver de acordo com a sua vontade (Jo 14.15). As Escrituras Sagradas nos convocam a “servir ao Senhor com alegria e a nos apresentar diante Dele com cânticos.” (Sl 100.2).  A adoração, portanto, é o serviço a Deus de todo coração, que se expressa com atitudes, com cânticos, danças, gestos (de joelhos, totalmente prostrado  etc), em verdadeira alegria na presença de Deus (Sl 150.1-6). O coração do adorador está inteiramente envolvido em celebrar Àquele que é o único Deus (Dt 6.4-9), e que é digno de receber a honra a glória , a força e o poder (Ap 4.1, 5.12),

2-que faz a diferença. Tem compromisso com seu chamado, cuja prioridade é o reino de Deus. Ex. A igreja primitiva.

3-comprometida com os perdidos. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém. Mateus 28:19-20

4-Que estende a mão para os sofredores.

5-que saiba estender, amar e perdoar.

*As crianças louvam neste momento e Jesus se alegra com o perfeito louvor. Mais do nunca a Igreja precisa entoar um perfeito louvor.
Este perfeito louvor não é apenas de lábios, mas com um coração puro, atitudes dignas diante de Deus.
Interessante que o perfeito louvor faz calar o inimigo, faz ele dar meia volta, correr.
Este louvor verdadeiro, que não se resume apenas em palavras, mas em atitude enfraquece o inimigo e nos faz triunfar sobre as adversidades.

C. Igreja é lugar de cura, restauração, é lugar de comunhão e santidade, Jesus vem buscar sua noiva assim. Como esta sua vida com Deus?
Lembre-se, Jesus quer sua noiva linda, sem mancha em seu vestido, é hora de concertar o que esta errado, e partir para um relacionamento íntimo, verdadeiro, puro e profundo com Jesus.

Deus abençoe sua vida!


Pastor Luciano

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Perder ou Ganhar.

 Jo. 4:1-30
A nação brasileira vibrou com a expressiva vitória do Brasil sobre a Espanha, conquistando o tetra campeonato da Copa das Confederações. Numa nação marcada por tantas tensões nestes últimas dias, essa vitória foi como que um calmante. Porém, a alegria do futebol dura pouco. No futebol enquanto uns celebram, outros choram. Existe, porém, uma alegria permanente, duradoura e eterna que não se evapora depois de uma competição. Essa alegria só Deus pode dar. Essa alegria é mais do que um sentimento. Essa alegria é uma pessoa. Essa alegria é JESUS! Mas há um outro jogo e mais importante do que este: o jogo da sua vida. Sua vida está em jogo. Talvez você já esteja na marca do pênalti. Talvez você já esteja levando de goleada. Talvez a derrota parece inevitável. Mas, nesse momento você pode ter um encontro com Jesus, o Filho de Deus. Ele pode mudar o cenário da sua vida. Ele pode reverter o jogo da sua vida. Ele pode dar a você uma vitória gloriosa e permanente. Entregue sua vida a ele e seja mais do que vencedor. No futebol ganha o mais hábil, o mais forte, o mais capaz. Mas, no jogo da vida, a vitória não vem pelo nosso esforço nem pelas nossas obras. Nossa vitória vem de Deus, é fruto da sua graça, resultado de sua misericórdia!

C.M. Esta mulher no jogo da vida estava levando uma goleada histórica, daquelas em que a torcida grita olé!
Sua vida sentimental e emocional estava destruída.
Sua vida familiar também, o inimigo estava humilhando aquela pobre mulher.
Sem amigos, sem pessoas próximas para lhe estender a mão, tudo caminha para um final muito triste para esta mulher.
Situação parecida existe milhares de pessoas, e as vezes muito próximo de nós.
E porque isto acontece já que na maioria das vezes são pessoas de bem, de boa índole?
Talvez os versículos oito e nove nos ajudem nesta resposta.

Jesus pede água para provocar uma conversa, então através da sua resposta percebemos o quão distante de Deus ela estava.
Ela começa falar de ódio, rancor que havia entre judeus e samaritanos.
Veja a resposta de Jesus:

1-Se conheceres o dom de Deus: E qual é este dom de Deus? Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Efésios 2:8
Não conhecer o dom de Deus que se resume na salvação, é não conhecer o seu amor seu perdão e sua misericórdia que se renova a cada manhã.
É viver o lado amargo da vida, com o coração cheio de rancor que vai resultar numa vida amarga, cheia de insatisfações.
Talvez seja por isto que a depressão se tornou o mal do século, e nossos jovens estão se afundando no submundo das drogas.
Talvez seja por isto que muitos estão desistindo da vida, desistindo da família, de um sonho, porque não conhecemos o dom de Deus.
Não conhecemos sua graça e seu perdão e por isto mendigão o pão da alegria.

2-E quem é que te pede: Esta mulher não conhecia Jesus, embora estivesse tão perto dela.
Achamos que também o conhecemos, mas nossas atitudes diante de fatos e situações mostram que não o conhecemos, ou conhecemos superficialmente.
Porque se de fato o conhecemos em vez de tentarmos sozinhos pediríamos a sua ajuda, em vez desespero confiaríamos na sua provisão, em vez angústia descansaríamos nas suas promessas.
Jesus esta tão perto de nós e não conseguimos perceber sua presença porque estamos focados unicamente no problema, e não sobra espaço para ouvir o que tem ele para me dizer, e muito menos sentir sua presença.
Enquanto Jacó não percebeu que Deus estava com ele, correu em desespero para tentar salvar sua vida. Mas quando ele percebe que Deus estava com ele, descansou e encontrou tempo para adorara Deus. Gn. 28:11-22.
Num momento ele esta desesperado, com medo e com muitas incertezas, no outro momento estava adorando a Deus com muita paz no seu espirito. Isto porque agora no segundo momento ele perceberá que Deus esta ali com ele.

3-Tu lhe pediria e ele te daria água viva: Significa água corrente, que nunca acaba esta num fluir continua sobre tua vida.
Esta água que Jesus oferece é o seu poder que vem como forma de alívio, para tirar toda inquietude da sua alma.
Vida abundante, realizações, aberturas de portas, alegria verdadeira que só ele pode dar.
Refrigério para alma, Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Mateus 11:28.
Ela só precisava beber da água que Jesus lhe oferecia!
Nos podemos beber desta água também, deixando ele ser Deus em nossas vidas e confiando em suas promessas.

C. Esta mulher esta perdendo feio, de goleada, e tudo se encaminhava para um fim melancólico.
Não havia perspectiva de vida melhor para ela.
Então Jesus surge no cenário, sua vida foi transformada radicalmente, ela se tornou uma mensageira  das boas novas.
Todos que a conheciam e agora a viam falando tinham certeza que algo tinha mudado em sua vida.
Foi uma grande mudança porque ela permitiu Jesus mudar sua vida.
No jogo da vida ela perdia de goleada, uma virada parecia impossível, mas este detalhe é uma especialidade de Jesus. Perder ou ganhar é uma questão de escolha, se escolher Jesus a possibilidade de derrota é zero.

Deus abençoe sua vida!

Pastor Luciano Silveira


PALAVRA DE VIDA